• facebook
  • Flickr
  • twitter
  • orkut

PRESIDENTE DA FAPESP COBRA DEPUTADOS PARA VOTAREM CONTRA A REFORMA DA PREVIDÊNCIA!

O Presidente da FAPESP, José Veiga de Oliveira, encaminhou mensagem a todos os Deputados cobrando que os parlamentares rejeitem a PEC 287, a PEC da Previdência. Em resposta o Deputado Federal Assis Carvalho, Membro da Comissão especial que avalia a Reforma da Previdência e vem liderando na Câmara uma frente contra a PEC 287/2016,respondeu a FAPESP.

“Sou membro da comissão especial que analisa a PEC 287/16 e vi os argumentos do governo sendo desmontados, um a um, por especialistas da área de seguridade e economia. A reforma da previdência praticamente liquida a previdência pública porque aumenta a idade mínima para 65 anos, inclusive para mulheres e trabalhadores rurais, e o tempo de contribuição para 49 anos, condenando grande parte dos trabalhadores a não se aposentar. Também desvincula do salário mínimo o valor dos benefícios para pessoas idosas e com deficiência incapacitados para o trabalho.

O que o governo federal está apresentando como reforma é, na verdade, o desmonte da Previdência, pois acaba com os direitos dos brasileiros (as) e esvazia a previdência pública, abrindo espaço para os planos de previdência privada. Ora, se os trabalhadores não vislumbrarem a possibilidade de se aposentar, vão desistir de contribuir. Isso, óbvio, quebrará a previdência pública, abrindo mercado para os bancos e seus planos de previdência privada. Os impactos da proposta de reforma serão profundos nos indicadores sociais brasileiros, com o aumento de nível de pobreza e efeitos negativos na economia de pequenos municípios.

Deste modo, reafirmo meu compromisso com os trabalhadores e as classes menos favorecidas do nosso país: votarei contra mais esse absurdo proposto pelo governo golpista, ilegítimo e antidemocrático.”

Clique aqui para voltar.