• facebook
  • Flickr
  • twitter
  • orkut

CONGRESSO PODE FUNCIONAR EM JANEIRO PARA ACELERAR VOTAÇÃO DA REFORMA DA PREVIDÊNCIA

O governo enviará a Reforma da Previdência ainda na primeira semana de dezembro. O Congresso vota hoje a PEC 55, que põem um teto de gastos públicos para os próximos 20 anos. Nos bastidores, Temer e toda equipe tem esperado a votação da PEC e vem articulando para que a reforma da Previdência tenha apoio do maior número de parlamentares.

O senador Romero Jucá já anunciou que o Congresso Nacional pode funcionar em janeiro, período de recesso, para adiantar as discussões sobre a reforma da Previdência. O governo vê como prioridade a aprovação da reforma. Isso é um absurdo! Querem cortar nossos direitos a todo custo!

Após reunião nesta segunda-feira (28), no Palácio do Planalto, o senador Romero Jucá (PMDB-RR), anunciou que o Congresso Nacional poderá fazer uma autoconvocação, sem pagamento extra para os parlamentares, a partir do dia 10 de janeiro para adiantar a discussão da Reforma da Previdência, a ser apresentada pelo governo nos próximos dias. A oposição, que entrou com representação contra Michel Temer, diz que o caso Geddel poderá adiar a votação do Teto dos Gastos (PEC 55/2016). Mais informações com a repórter da Rádio Senado Hérica Cristian.

SOMOS CONTRA A REFORMA DA PREVIDÊNCIA!

Clique aqui para voltar.