• facebook
  • Flickr
  • twitter
  • orkut

DESSERVIÇO! Contas vão 'degringolar' sem reforma da Previdência, prevê secretário

O Secretário de Previdência do governo, Marcelo Caetano, falou ao G1, portal de notícias da Globo que sem uma reforma da Previdência Social que contemple regras mais próximas àquelas que vigoram no resto do mundo, as contas públicas brasileiras, que já não estão bem, podem "degringolar" nos próximos anos, segundo avaliação do secretário de Previdência do Ministério da Fazenda.

De acordo com o secretário, o desarranjo das contas não se dará "de uma hora para a outra" e poderá levar décadas, mas, se não feita uma reforma da Previdência, avalia, inevitavelmente chegará a um ponto crítico. Na sequencia a reportagem colocou gráficos e especialistas que querem induzir ao cidadão acreditar que realmente a previdência causa o rombo nas contas públicas. MENTIRA! Os especialistas são tão desinformados da mesma forma que este governo, são os que menos entendem de economia.

Os senhores não tem vergonha na cara ao ver as pessoas passando necessidade. Os senhores não tem sentimento? Não percebem a necessidade em taxar os bancos e grande fortunas mas só pensa em tirar dos pobres, cadê a criatividade? Porque não enfrenta o Meireles e falem a verdade sobre a nossa Previdência?

PAREM DE REDUZIR DIREITOS DO POVO E CORTEM GASTOS ABSURDOS QUE OS SENHORES POSSUEM! NÃO ADMITIMOS PAGAR O LUXO DOS SENHORES ENQUANTO O POVO SOFRE COM CORTE DE BENEFÍCIOS!

Está mais que na hora de ouvir quem entende de Previdência no Brasil, a ANFIP(Associação Nacional dos Auditores-Fiscais da Receita Federal do Brasil), e os aposentados representados pela FAPESP, Federações e Confederação, além de economistas e estudiosos que sabem a VERDADE sobre a NOSSA Previdência. Nós sim mostraremos a real situação da nossa Previdência!

Mais uma vez esclarecemos que a seguridade social não é causa dos problemas do Brasil já que a Previdência não depende do orçamento fiscal da União, tem arrecadação própria, por meio da contribuição do trabalhador, empresas, financiamento por lei através do PIS, COFINS e prognósticos de loteria e sem dependência do orçamento fiscal da União, ou seja, tem recursos próprios.

A Seguridade Social tem um SUPERÁVIT de R$ 50 Bilhões (média), e estes são dados oficiais do governo comprovados pelos auditores fiscais da Receita Federal. Esse dinheiro é retirado dos cofres da previdência por meio da DRU (Desvinculação de Receita da União) agora em 30%, esses valores não retornam mais e o resto do dinheiro desaparece. NÃO ADMITIMOS QUE O DINHEIRO DO APOSENTADO SEJA USADO PARA GASTOS DESSE GOVERNO TÃO CRUEL! A FAPESP DIZ NÃO A REFORMA DA PREVIDÊNCIA!

Link: http://g1.globo.com/economia/noticia/2016/10/contas-vao-degringolar-sem-reforma-da-previdencia-preve-secretario.html

Clique aqui para voltar.