• facebook
  • Flickr
  • twitter
  • orkut

GOVERNO MENTE! A PREVIDÊNCIA SOCIAL É NOSSA!

Mais uma vez o governo veio a público por meio do pseudo secretário da Previdência Social Marcelo Caetano para dizer aberrações à população. O secretário afirmou em entrevista ao jornal Folha de S. Paulo que o envelhecimento da população - mais acelerado que o enfrentado por países ricos- requer que o Brasil aprove uma reforma da Previdência por uma "questão matemática, e não ideológica", e no diagnóstico do secretário, sem mudanças nas regras de aposentadoria, restam duas alternativas: aumento de impostos ou corte de despesas em outros setores, como saúde e educação. "O nível de gasto vai subir muito e terá de ser ajustado de alguma maneira. Se não fizer ajuste na Previdência, ou aumenta a carga tributária ou sacrifica gastos em outras áreas", afirma. QUEREM PUNIR OS APOSENTADOS E AINDA FALAR QUE SAÚDE E EDUCAÇÃO FICARÃO SEM INVESTIMENTO POR CONTA DA PREVIDÊNCIA! É UM ABSURDO!

O GOVERNO TEMER SÓ FALA MENTIRAS. Primeiro falou que iria cortar pela metade o número de ministérios e no final não diminuiu nem a metade, pior, extinguiu o Ministério da Previdência e retornou com o Ministério da Cultura e estuda recriar o da Pesca. Anunciou que diminuiria os cargos comissionados, mas no final criou mais cargos. Como manter um Estado onde mais de 60% da arrecadação é destinado para pagar folha de funcionários? Não há governo que se sustente! UM GOVERNO CORRUPTO, CRUEL E DESARTICULADO!

A corrupção é enorme e desenfreada até o Presidente Temer está envolvido. Mas com a proteção dos bancos, latifúndios, empresariado fazem um plano de redução de direitos e massacre a população onde só visam cortar direitos dos trabalhadores da ativa, aposentados e pensionistas e por trás o grande objetivo é a privatização da nossa Previdência Social Pública.

A PREVIDÊNCIA É NOSSA, É DO POVO BRASILEIRO, É O MAIOR DISTRIBUIDOR DE RENDA DO PAÍS, MUITO MAIS IMPORTANTE QUE O MINISTÉRIO DAS CIDADES OU DA CULTURA QUE JÁ POSSUEM OUTRAS ÁREAS QUE TRATAM DE ASSUNTOS COMO OS PRÓPRIOS ESTADOS E MUNICÍPIOS. EXIGIMOS O RETORNO DO MINISTÉRIO DA PREVIDÊNCIA!

Mais uma vez esclarecemos que a seguridade social não é causa dos problemas do Brasil já que a Previdência tem arrecadação própria, por meio da contribuição do trabalhador, empresas, financiamento por lei através do PIS, COFINS e prognósticos de loteria e sem dependência do orçamento fiscal da União, ou seja, tem recursos próprios.

Ao extinguir o Ministério da Previdência, agora um simples anexo do Ministério da Fazenda e o INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) do Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário nossos recursos estão nas mãos do Tesouro Nacional que usa esse dinheiro como preferir como pagar dívidas públicas, funcionalismo. ESTE DINHEIRO É DO BRASILEIRO E NÃO DO GOVERNO!

PAREM DE MENTIR E FALAR DESSE FALSO ROMBO NAS CONTAS DA PREVIDÊNCIA! Está mais que na hora de ouvir quem entende de Previdência no Brasil, a ANFIP(Associação Nacional dos Auditores-Fiscais da Receita Federal do Brasil), e os aposentados representados pela FAPESP, Federações e Confederação, além de economistas e estudiosos que sabem a VERDADE sobre a NOSSA Previdência. Nós sim mostraremos a real situação da nossa Previdência! TEMOS PROPOSTAS E SOLUÇÕES QUE NÃO REDUZIRÃO DIREITOS!

Lutamos por uma Previdência Social que seja de todos aposentados trabalhadores, pensionistas e idosos com uma administração quadripartite com poderes deliberativos, , com um fundo previdenciário, com o Agronegócio como contribuinte na Previdência Social Pública, com a transparência de todos os valores retirados pela DRU, dos nomes das empresas de todos os segmentos devedores junto a Previdências Social Pública, até a presente data, dos nomes das empresas de todos os segmentos isentos de contribuição à Previdência Social Pública, até a presente data e que a Prescrição das dívidas com a previdência no prazo de 35 anos, que é o tempo mínimo de contribuição para o INSS, e não apenas 5 anos como é atualmente.

QUEREMOS A MANUTENÇÃO DA NOSSA PREVIDÊNCIA COMO UM ÓRGÃO DE AÇÃO SOCIAL, COMO DISTRIBUIDOR DE RENDA QUE MOVIMENTA A ECONOMIA DE MUITAS CIDADES EM TODO BRASIL.

EXIGIMOS que a Frente Parlamentar Mista criada pelo Deputado Arnaldo Faria de Sá e Senador Paulo Paim com mais de 250 parlamentares subscritos BARREM a MP 726 (que extingue o Ministério da Previdência) e a MP 739 (que revê os auxílios doenças e aposentadoria por invalidez). Os senhores parlamentares fazem parte dessa Frente tem por OBRIGAÇÃO derrubar essas medidas cruéis impostas pelo Executivo.

O maior problema do Brasil não é o impeachment de Dilma ,e se continuar assim, nem o do Temer, o maior problema está na falta compromisso para trabalhar a favor do povo brasileiro. Mais uma vez quem vai pagar a conta da incompetência administrativa novamente é o aposentado, pensionista, o trabalhador da ativa que são os que mais contribuem e não recebem nada em troca a não ser mais redução de direitos e impostos.

O senhor secretário teve a cara de pau de desconversar a respeito da garantia de emprego até a idade mínima (65 anos) proposta para se aposentar. Fala-se tanto da falta de jovens no mercado de trabalho para sustentar a economia, mas se esquecem que quem voltará ou permanecerá sustentando a economia serão os aposentados e idosos.

O governo Temer só pensa em criar impostos e reduzir direitos! Não bastasse este absurdo, o ministro-chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha, divulgou um vídeo nesta sexta-feira (12) no Facebook do ministério no qual afirmou que, se não houver a reforma da Previdência Social, não haverá a "garantia" de que as pessoas receberão a aposentadoria. NÃO VAMOS MAIS ACEITAR MENTIRAS DESSE GOVERNO SEM MORAL ALGUMA!

Amanhã as centrais irão a Paulista protestar contra as reformas trabalhista e da previdência, esperamos que deem vez e voz aos aposentados! NÃO PODEMOS MAIS ADMITIR QUE UMA REFORMA CRUEL SEJA IMPOSTA ÀQUELES QUE MAIS AJUDARAM A CONSTRUIR O NOSSO BRASIL!

O VERDADEIRO GOLPE ESTÁ SENDO DADO AOS APOSENTADOS, PENSIONISTAS, IDOSOS E TRABALHADORES DA ATIVA! NÃO A REFORMA DA PREVIDÊNCIA! EXIGIMOS O RETORNO DO MINISTÉRIO DA PREVIDÊNCIA! ABAIXO AS MENTIRAS!

Clique aqui para voltar.