• facebook
  • Flickr
  • twitter
  • orkut

PRECISAMOS NOS UNIR CONTRA A REFORMA DA PREVIDÊNCIA



*Por Antonio Alves da Silva - Presidente da FAPESP

Nossa maior arma de luta é a nossa UNIÃO. Mais do que nunca precisamos mobilizar o maior número de aposentados, idosos para lutar com todas as forças contra a reforma da previdência e a extinção do Ministério da Previdência. Precisamos mostrar ao governo que temos propostas concretas que não reduzem os direitos dos aposentados e idosos.

Que decepção! Com a definição da suspensão do governo anterior mergulhado numa crise moral e consequentemente política e econômica, o povo brasileiro confiou que o senhor iria conseguir dias melhores, mas que decepção! Seguiu o mesmo caminho do governo anterior, ou seja, de colocar corruptos nos postos chaves e pior mantendo as mesmas políticas corruptas.

Quando imaginávamos que iria governar para o povo, o senhor começou a governar para os ricos, os empresários e também para o funcionalismo público, em especial ao judiciário. Não quer como o governo anterior, punir os corruptos?

O senhor apoia o aumento para os que ganham muito e para o povo uma banana. Que decepção! O 13º para os aposentados o senhor nem o Meirelles tocam no assunto.

Ao trocar de governo o povo acreditou que era possível melhorar. Mas caímos no “conto” e trocamos 6 (seis) por 4 (quatro). O que o senhor precisa urgentemente é afastar os corruptos e investigá-los e colocá-los na cadeia.

Com essas atitudes o senhor está reconstruindo a volta da Dilma. O senhor toma ações por pressões seja de artistas, seja do parlamento, dos bancos e etc. O Presidente não é o senhor!

Tanto o senhor como o Meirelles e os vossos economistas ou não conhecem nada de Previdência e Seguridade Social ou são mentirosos e de má fé.

A Dilma caiu por governar contra os brasileiros e a favor de poucos, exatamente como o senhor está fazendo. Governa para os bancos e quer o trabalhador pague o preço da incompetência.

O Maior Ministério do Brasil, o que mais arrecada, é superavitário, tem financiamento próprio sem dependência nenhuma do Orçamento fiscal da União, e é o que faz a melhor e maior distribuição de renda o senhor tem a cara de pau de transformar o Ministério da Previdência em 2 secretarias (uma no Ministério da Fazenda e outra no Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário) sem expressão alguma mas, aprova a volta do Ministério da Cultura e mantém o ministério das cidades com exceção do Distrito federal são os prefeitos com o apoio do governador.

Todos que falam da Previdência dizem ser deficitária o que é uma grande mentira. Fazem isso para poderem criar mais impostos para a população. Não deixe, senhor presidente, que a maior e mais importante Previdência do mundo se transforme em previdência privada, onde só os bancos ganham dinheiro. Se ainda tiver dúvidas da importância da nossa Previdência Social chame quem realmente sabe de Previdência Social no Brasil como entidades como a ANFIP (Associação Nacional dos Auditores-Fiscais da Receita Federal do Brasil), a FAPESP, demais federações e Confederação para que possam discutir e mostrar ao senhor a verdade.

Nós iremos mostrar que a previdência é superavitária que é viável. Nossas propostas são para melhorar ainda mais e ajudar o governo a sair da crise financeira e não para reduzir direitos. A Previdência Social precisa ter uma administração séria, transparente, com administração quadripartite, com um fundo previdenciário e não o absurdo de desvincular os benefícios do reajuste do salário mínimo e impor uma idade mínima.

Se for para aumentar tributos, retirar direitos não precisaria trocar de presidente. A Dilma queria a mesma coisa.

Determinamos a recriação imediata do Ministério da Previdência e podemos ajudá-lo indicando realmente alguém competente para o cargo.

SOMOS CATEGÓRICOS, NÃO E NÃO A REFORMA DA PREVIDÊNCIA OU QUALQUER REDUÇÃO DE DIREITOS! ACORDEM APOSENTADOS! VENHAM COM A FAPESP E LUTEM!

Clique aqui para voltar.