• facebook
  • Flickr
  • twitter
  • orkut

FAPESP PARTICIPA DO 1º CICLO DE PALESTRAS RUMO DA ECONOMIA

A FAPESP marcou presença no 1º Ciclo de palestras Rumo da Economia – retomada do crescimento realizado pela RedeTV nesta última terça-feira na capital paulista. Durantes horas foram colocados em debate diversos assuntos pertinentes a economia brasileira e a retomada de investimentos ao Brasil. Ao final de cada apresentação ocorreu um debate mediado pelos jornalistas Celso Zucatelli e Amanda Klein.

Apesar de todos mostrarem um panorama da economia, parece que os economistas não entendem de economia ou são comprados pelo governo. Todos afirmaram que a reforma da previdência é necessária para o reajuste das contas públicas já que o atual sistema é insustentável. É UMA MENTIRA! NÃO PRECISAMOS DA REFORMA DA PREVIDÊNCIA QUE SÓ VISA REDUÇÃO DE DIREITOS! PRECISAMOS QUE SEJA APROVADO O PL 4434/08 QUE REPÕEM OS BENEFÍCIOS NA MESMA PROPORÇÃO QUE FOI CONTRIBUÍDO! A NOSSA PREVIDÊNCIA É SUPERAVITÁRIA E O GOVERNO MENTE PORQUE RETIRA INDISCRIMINADAMENTE BILHÕES DE REAIS TODOS OS ANOS DA NOSSA SEGURIDADE SOCIAL. VAMOS LUTAR CONTRA A REFORMA DA PREVIDÊNCIA.

O economista e ex-ministro Antonio Delfim Netto foi o primeiro palestrante do evento em São Paulo. Delfim mostrou uma série de gráficos explicando que a queda do PIB se deu por conta da redução dos investimentos, principalmente da indústria. A falta de confiança no governo retraiu os investimentos e consequentemente o PIB caiu. Outro ponto destacado foi a interferência do governo nos preços, o que fez o mercado ficar em uma bolha de especulação até que não foi possível manter essa contenção dos preços e a inflação se descontrolou.

Outro ponto discutido foi o alto índice de endividamento do governo. Os gastos da máquina pública só aumentam ano a ano por isso, deixa claro que o governo deve fazer um orçamento do zero para contenção de gastos.

O economista deixou claro que sem investimento público e privado não haverá crescimento. Mas cabe o governo voltar a investir. Uma comparação feita foi que na década de 70, por exemplo, a cada 25% contribuídos voltavam 5% como investimento e hoje fica na casa dos 36% e volta nem 3%.

Guilherme Afif Domingos foi o segundo palestrante do evento e reforçou que para retomada do crescimento é importante restabelecer os investimentos e explicou o seu trabalho junto ao governo no processo de desburocratização de documentações para abertura e fechamento de empresas, além de mostrar a importância e crescimento dos micro empreendedores.

Marcos Lisboa, atual diretor presidente do Insper, foi o terceiro palestrante do dia e ressaltou que crise é do Brasil e não internacional. Marcos explicou os diversos momentos da economia e para a atual crise deixou claro que a única saída são reformas profundas no governo e na previdência. Quando mais adiar, pior será.

O presidente da RedeTV! Amilcare Dallevo Jr e o vice-presidente da RedeTV! Marcelo de Carvalho e o vice-presidente Institucional da RedeTV! Estiveram presentes do evento e destacaram que não é que a arrecadação está baixa, mas, o governo está gastando muito! Vamos nos conscientizar e mudar o nosso país!

Clique aqui para voltar.