• facebook
  • Flickr
  • twitter
  • orkut

SOBROU PARA OS APOSENTADOS DE NOVO! GOVERNO JUSTIFICA VOLTA DA CPMF PARA FINANCIAR A PREVIDÊNCIA SOCIAL

Como se não bastasse a enorme carga tributária, o governo resolveu voltar com a CPMF argumentando de que a arrecadação será destinada ao financiamento da Previdência Social, como se o sistema não tivesse dinheiro. UM ABSURDO! ELES ESTÃO MENTINDO!

O povo não acredita mais nesse governo onde só pensa em prejudicar o trabalhador e o aposentado. Durante o primeiro mandato suspendeu os impostos à algumas empresas ajudando-as a vender e muito , endividando os brasileiros, e as montadoras não deram nenhum desconto. A presidente também desonerou a folha para empresas, não dando ouvidos a ninguém, indo contra a quem te indicava o contrário e agora está com dificuldade para aprovar a oneração.

Os bancos estão cobrando mais mensalmente do que o governo anual com a taxa de juros sobre o cartão de crédito e cheque especial e para empréstimos pessoais.

Então está na hora das empresas que foram beneficiadas pela isenção de impostos e os bancos que na verdade não lucram, mas sim roubam com essa taxa de juros pagarem a conta. A senhora disse em pronunciamento que a crise deve ser contida como um amargo remédio mas quem deve tomar essa amarga conta são os bancos e empresários e não o povo mais uma vez!

Com 50% da taxa de juros dos bancos o governo iria repor o superávit primário tranquilamente. Então do juros cobrado, 50% para os bancos e os outros 50% para o governo cobrir o rombo no orçamento mais de R$ 30 bilhões de reais, até onde sabemos.

Para resolver a crise política, social e financeira que foi criado pelo próprio governo somente poderá ser resolvida se solucionarmos de forma definitiva com justiça social, trabalhando para o povo! O pagamento das contas não devem recair sobre o povo que não foi o causador da dívida. PRESIDENTE POPULARIDADE SE FAZ COM JUSTIÇA SOCIAL!

Estão usando os aposentados para cobrir um rombo bilionário devido à má administração. Onde está o nosso dinheiro? Cadê o corte no governo? Só vimos aumento de impostos que recaem todos sobre os trabalhadores. Depois de enviar há 15 dias uma proposta de Orçamento com deficit de mais de R$ 30 Bilhões para 2016, o governo Dilma, lançou um pacote de maldades. Das 16 medidas anunciadas, que compõem uma economia de R$ 64,9 bilhões para cumprir a meta fiscal do ano que vem, a equipe econômica anunciou sete medidas para gerar R$ 40,2 bilhões em aumento de receita, com a recriação da CPMF por um período de 4 anos que incide sobre movimentações financeiras, e tenha uma alíquota de 0,2% e que os recursos sejam direcionados à União, que vai usar a arrecadação para cobrir a Previdência.

A estimativa é arrecadar R$ 32 bilhões com o tributo. Além disso vão usar parte da contribuição recolhida das empresas do Sistema S –que reúne entidades como Sesi e Senai para cobrir a Previdência. Cada hora falam um valor do rombo da Previdência. EXIGIMOS TRANSPARÊNCIA !

A SEGURIDADE SOCIAL É MANTIDA E FINANCIADA ATRAVÉS DE RECURSOS PRÓPRIOS por meio do empregador, das folhas de salário, receita ou faturamento e lucro (COFINS, PIS, CSLL), do trabalhador através das contribuições descontadas do seu salário, das receitas de concurso e prognósticos realizadas mediante o sorteio de qualquer concurso envolvendo número, símbolo, loterias e apostas no âmbito federal e do importador de bens e serviços do exterior, ou seja, por meio do PIS Importação e da COFINS Importação.

Somente em 2014 a Seguridade teve um superávit de R$ 54 Bilhões e somando os anos anteriores chegamos a casa do trilhão. Do montante arrecado o governo retira indiscriminadamente da Seguridade Social 20% com a DRU, Desvinculação de Receitas da União, e some com o resto do superávit da Previdência. Para onde vai tanto dinheiro? A Previdência tem dinheiro desde que não retirem para outros fins! Não admitimos em hipótese alguma que a NOSSA Previdência caia nas mãos dos grandes bancos. A Seguridade Social é do povo!

E CADÊ O CORTE DE MINISTÉRIOS? É necessário UMA VERDADEIRA REFORMA ADMINISTRATIVA, que diminua pela METADE os cargos comissionados, pois tem gente a toa ganhando MUITO e um corte de pelo menos 19 ministérios. Só assim reduzirá os gastos absurdos do governo. Enquanto ostentam dinheiro o povo sofre com a falta de saúde, educação e segurança. Ficam alegando a crise e não dão o aumento justo e real aos aposentados, uma verdadeira falta de respeito! Nos mercados, a inflação tomando conta e o aposentado e trabalhador ficando cada vez mais pobre. Esse governo se esqueceu completamente que quem os elege é o povo. Enquanto não governarem para o Brasil a crise não acabará e sem dúvida ninguém será reeleito!

Clique aqui para voltar.