• facebook
  • Flickr
  • twitter
  • orkut

PREVIDÊNCIA E EMPREGO NÃO PODEM SER RESOLVIDOS POR MPS

Começou no dia 2 de setembro o Fórum de Debates sobre Política de Emprego, Trabalho e Renda e de Previdência Social, no Palácio do Planalto que terá duração de 6 meses. O ministro do Planejamento, Nelson Barbosa, afirmou que os problemas relacionados ao emprego e à Previdência não podem ser resolvidos por Medidas Provisórias e, sim, por meio de diálogos e grupos de trabalho. Infelizmente muito se fala nesse governo e pouco é cumprido. A postura do ministro é interessante ao se mostrar contra uma reforma sem diálogo, mas o que vemos nesse governo são atitudes totalmente contrárias, todas ações tomadas de uma hora para outra que apenas visa prejudicar os aposentados e idosos. Discurso sem mudar a prática não adianta nada!

Barbosa disse que as questões da previdência não podem ser adiadas. "Essa discussão não pode mais ser adiada, mas é uma discussão de longo prazo, não é pra ser resolvida num fim de semana ou para ser resolvida via medida provisória", disse. Porém o que não pode deixar de ser adiado é a reforma administrativa interna do governo. Uma coisa é comentar mas nosso país precisa de ação e um corte REAL dos cargos comissionados, ministérios e gastos desnecessários.

Tanto o ministro Barbosa quanto o Ministro Gabas que participaram desse primeiro dia de Fórum dizem que é importante ter em mente que é fundamental manter a Previdência com saúde garantindo que daqui a 40 anos aqueles 25% que serão idosos, e eu espero estar entre eles, tenham um sistema de previdência que tenha capacidade de pagar os benefícios. Esperamos que realmente pensem e cumpram já que a Previdência é do povo! Parem de tirar o dinheiro do povo!

O encontro realizado instituiu um calendário das próximas reuniões.A COBAP estava lá representando todas as Federações e Associações de todo país. Além disso, ficou definido que a estrutura do Fórum será dividido em dois grupos de trabalho, um que tratará sobre crescimento, trabalho e emprego e outro que cuidará das propostas e medidas sobre a Previdência Social. O Fórum deve discutir e o governo deve OUVIR e acatar o que a sociedade quer e precisa.

Clique aqui para voltar.