• facebook
  • Flickr
  • twitter
  • orkut

PROCURADOR VAI DISCUTIR NA COMISSÃO DE ASSUNTOS ECONÔMICOS AS 'PEDALADAS' NAS CONTAS DO GOVERNO

O procurador do Ministério Público junto ao Tribunal de Contas da União (TCU), Júlio Marcelo de Oliveira, participará na próxima terça-feira (1º) de audiência pública para discutir as contas da presidente Dilma Rousseff referentes a 2013 e 2014.

Oliveira é autor de representação que pede a investigação das pedalas fiscais, como ficaram conhecidos os atrasos nos repasses de recursos do Tesouro Nacional aos bancos oficiais para fechar as contas no azul.

Quando é imposto aprova rápido. Quando é para julgar as pedaladas BILIONÁRIAS da Dona Dilma tem tempo de sobra para se justificar! Um absurdo! Justiça se faz com uma medida só e não com regalias à aqueles que só prejudicam o povo!

Na proposta apresentada à comissão foi alegado que teriam surgido "novos fatos" apontados pelo Ministério Público junto ao TCU que deveriam ser esclarecidos pelo Executivo federal. Os fatos seriam decretos editados pela presidente da República, no ano passado, que abriram créditos suplementares, sem autorização prévia do Congresso Nacional. QUEREMOS RESPOSTAS!!!

O TCU afirma que a prática de atrasar os repasses permitiu ao governo melhorar o resultado das contas públicas, inflando o chamado superávit primário (economia para pagar juros da dívida pública e tentar manter a trajetória de queda). OU SEJA MENTIU, ENCOBRIU os valores absurdos gastos pelo governo. O órgão de fiscalização também destaca que o volume de operações no governo Dilma foi muito superior ao realizado nas gestões de outros presidentes.

O TCU nunca votou pela rejeição. Mas agora tende a rejeitar pela primeira vez as contas e não é por menos, no meio de tanta corrupção! UMA VERGONHA NACIONAL!

Clique aqui para voltar.