• facebook
  • Flickr
  • twitter
  • orkut

A comissão da mentira! MP 672 será votada hoje na Câmara

A Câmara dos Deputados pode votar hoje a MP 672/15 que trata sobre o reajuste do salário mínimo até 2019. A MP já foi aprovada pela comissão mista que analisou o texto, e quanta irresponsabilidade! Os parlamentares aprovaram o parecer do senador João Alberto Souza (PMDB) que mantém integralmente o texto enviado pelo governo e rejeita todas as 114 emendas apresentadas e não estende o projeto a todos aposentados e idosos do INSS.

Parem de trabalhar para um governo corrupto e desarticulado. TRABALHEM PARA O POVO QUE OS ELEGEU! Não podemos mais aceitar maracutaiais que prejudiquem milhões de aposentados e idosos! Esperamos que o bom senso impere e votem as emendas favoráveis aos idosos. É o mínimo que a Câmara deve fazer e se a dona Dilma vetar que derrubem esse veto. VAMOS FAZER JUSTIÇA NESSE PAÍS! NÃO ADMITIMOS A DESCULPA QUE ESSAS EMENDAS DARÃO ROMBO NA PREVIDÊNCIA! A Previdência é superavitária em quase 80 Bilhões de reais! Parem de usar o dinheiro do INSS para outros fins, é dinheiro do povo!

Os parlamentares mantiveram a proposta para o reajuste anual ser baseado na variação da inflação no ano anterior, acrescido da taxa de crescimento real do Produto Interno Bruto (PIB) apurada dois anos antes, porém sem estender o reajuste a todos os aposentados e idosos do INSS. Os deputados irão pedir para votar separadamente as emendas rejeitadas pela comissão. Com isso, o texto ainda pode sofrer alterações.

Parte das emendas pedem que o mesmo reajuste do salário mínimo seja estendido a todos os aposentados e pensionistas do INSS que ganham acima do mínimo. Hoje eles têm um critério diferenciado de aumento, geralmente apenas com a reposição da inflação, sem ganho real.

No texto da MP está previsto que os aumentos serão estabelecidos pelo Poder Executivo, anualmente, por decreto. Por isso, solicitamos que seja RETIRADO este artigo, pois o REAJUSTE DO SALÁRIO MÍNIMO DEVE SER DISCUTIDO E APROVADO PELO CONGRESSO NACIONAL E NÃO VIA DECRETO. Uma medida completamente impopular que tira todo poder do Congresso Nacional e uma ação completamente desrespeitosa a democracia brasileira.

A MP 672 determina que, até o final de 2019, o governo enviará ao Congresso Nacional projeto definindo o modelo de reajuste para o período 2020-2023.

Clique aqui para voltar.