• facebook
  • Flickr
  • twitter
  • orkut

CHEGA DESSE DESCASO COM OS APOSENTADOS!

*Por Antonio Alves da Silva - Presidente da FAPESP

Mais uma vez o trabalhador brasileiro é obrigado a pagar a conta. A Dilma vetar a fórmula 85-95 para as aposentadorias. O absurdo acontece no nosso país com a nossa gente e a causa está na ação desse governo incompetente e corrupto que mandam e desmandam e destroem a nossa querida pátria. Até quando vamos aguentar isso?

Está na hora e essa é a nossa proposta, as centrais sindicais, as Confederações e outras Entidades que representam nossos trabalhadores de romperem oficialmente com o governo Dilma e com o PT. ESTA NA HORA DE CONVOCARMOS UMA GREVE GERAL no país e continuar em greve até que haja mudança que realmente atenda as necessidades do país. Essa greve será no campo, em todas as cidades, nas capitais, no serviço público. Essa greve será o nosso basta!

Hoje temos os aposentados, os desempregados, os que estão sendo demitidos diariamente, os que estão em férias coletivas, os que estão com os contratos suspensos, enfim todos esses milhares e milhares de brasileiros devem participarem dessa greve geral, além de todos os que ainda trabalham que estiverem solidários. Vamos obrigar o Congresso Nacional a derrubar o veto da madrasta conforme prometido.

Meus amigos, meus irmãos de luta, se assim não agirmos poucos, mais poucos mesmo irão se aposentar no Brasil e muitos não terão emprego. Já estamos vivendo em um caos social que irá piorar muito mais dentro dessa ditadura petista. Ou assumimos o Brasil ou a Dilma acaba com os brasileiros.

O governo hoje tem os bancos como verdadeiros mandantes. E logo irá assumir a Previdência. A HORA É AGORA.

Vamos mostrar que poderemos fazer a diferença. Vamos mostrar porque somar dirigentes, líderes e presidentes de Entidades.

Se ela não consegue nem cuidar das próprias contas, porque não VETA as contas desse governo corrupto! PARE DE MASSACRAR O POVO!

A HORA É AGORA! OU VENCEMOS OU VENCEMOS e que o bom Deus nos ilumine e esteja conosco!

Clique aqui para voltar.