• facebook
  • Flickr
  • twitter
  • orkut

FAPESP acompanha de perto todas a movimentações da MP 664

Está prevista votação para hoje da MP 664/2014 que altera as regras para concessão de pensão por morte e auxílio-doença.

A FAPESP É TOTALMENTE CONTRA E COBRAMOS TODOS OS DEPUTADOS E ESTAMOS EM BRASÍLIA ACOMPANHANDO E PEDINDO A NÃO APROVAÇÃO DESSA MEDIDA DESCABIDA E INJUSTA A TODOS OS APOSENTADOS E PENSIONISTAS DO NOSSO PAÍS.

O Congresso está divido já que o líder do PDT, André Figueiredo (CE), disse que o partido já havia comunicado sua decisão previamente ao governo. "O PDT hoje ocupa o Ministério do Trabalho. E nós reclamamos desde o início que o ministério sequer foi ouvido antes da edição da medida provisória”, reclamou afirmando que o partido não tem apego a cargos. “Infelizmente, a equipe econômica hoje tem tomado um posicionamento que vai frontalmente de encontro aos princípios do PDT."

Já o deputado Sílvio Costa (PSC-PE) disse que a posição do PDT provocou efeitos colaterais na base governista em estar a favor da EXTINÇÃO da MP 664. Isso mostra o quanto desarticulado está o governo que não consegue manter nem suas bases aliadas a favor.

VAMOS CONTINUAR PRESSIONANDO!! FAPESP NA LUTA!

Clique aqui para voltar.