• facebook
  • Flickr
  • twitter
  • orkut

Idosos continuam sendo desprezados pelos bancos!

Os ofícios encaminhados às autoridades estão surtindo efeito. A FEBRABAN e o banco Bradesco responderam a FAPESP que denunciou a prática em não receber boletos ou transações de aposentados, pensionistas e idosos nos caixas físicos, dentro da agência, e sequer podem entrar no domicílio bancário. APESAR DA RESPOSTA NÃO VAMOS NOS CALAR PORQUE A REALIDADE É OUTRA.

A FEBRABAN, Federação Brasileira de Bancos, respondeu informando que os bancos não praticam a recusa de recebimento de boletos, que funcionários são orientados sobre como orientar todos os clientes e disponibilizam de forma legível a situações que impliquem na recusa de pagamentos ou recepção de cheques.

Mesmo com este retorno, a prática que acontece é completamente oposta. Os idosos continuam sofrendo discriminação e constrangimento para pagar suas contas nas agências.

O Jornal Agora São Paulo publicou na página Defesa do Cidadão reportagem repercutindo o trabalho da FAPESP que encaminhou ofícios às autoridades denunciando a prática. Na reportagem repercute a resposta do banco Bradesco aos Diretores da FAPESP, Antero Ferreira Lima e José Goulart, reforçando que o atendimento é igual a todos os clientes, MAS A REALIDADE É OUTRA. Este caso está no Jornal Agora e no site do jornal.

Reencaminhamos ofício ao Banco Central, ao Ministro da Previdência Social, Carlos Eduardo Gabas, a Presidente do INSS, Elizete Belchior, ao Presidente Da Câmara Federal, Eduardo Cunha e o Presidente do Senado, Renan Calheiros COBRANDO explicações e qual posicionamento irão tomar diante da prática no qual o correntista ou beneficiário da Previdência Social que recebe no banco não consegue pagar suas contas se for igual ou inferior a mil reais.

Os atendentes encaminham os idosos para efetuar pagamento em uma casa lotérica ou nas máquinas de autoatendimento que não possuem funcionários para auxiliarem tais procedimentos.

O banco Bradesco por meio de nota disse: “Esclarecemos que todos seus apontamentos foram acolhidos com a devida atenção. Informamos que não faz parte dos procedimentos desta Instituição Financeira impedir ou dificultar a utilização do caixa convencional pelos nossos clientes e aos usuários, já que adotamos a política “de portas abertas”. Entretanto, muitas vezes, nossos colaboradores orientam os clientes e usuários a utilizarem os canais alternativos, com a finalidade de proporcionar mais agilidade e comodidade na efetivação das operações, além de diminuir o tempo de espera em filas. Reafirmamos, porém que os guichês podem ser utilizados, sempre que houver necessidade.”

Esse descaso não pode acontecer mais! A Previdência irá tomar medidas diante do DESCASO dos bancos com os aposentados.

Em 26 de março, a chefe do gabinete do Dr. Benito Brunca da Previdência social, confirmou o recebimento de nosso ofício denúncia e nos disse que tomará providências com relação aos fatos relatados.

Clique aqui para voltar.