• facebook
  • Flickr
  • twitter
  • orkut

FORÇA E LUTA EM 2015!

Meus irmãos e amigos, mais um ano se finda e nós, os construtores do Brasil que hoje está sendo roubado pelos políticos, não temos reajuste justo e decente em nossos salários, não tivemos aprovado o nosso PL 4434 e fomos traídos por parlamentares, principalmente pelo Presidente Henrique Alves, e até mesmo por dirigentes e líderes do nosso meio.

O ano de 2015 já mostra antecipadamente que teremos muitas dificuldades a vencer. O Sr. Henrique Alves foi convidado para ocupar o cargo de Ministro da Previdência Social e aceitou. Se nada fez quando tinha o poder como Presidente da Câmara, o que fará como Ministro que só é usado para fazer discurso sobre o déficit previdenciário (inexistente)? Tivemos até gente do TCU falando do “caldeirão prestes a explodir que é a Previdência Social”. No meio de tanta gente bem formada, sabida, as poucas propostas de solução da Previdência visa retirar mais direito dessa brava gente.

Temos ainda a piorar nossa situação muitas lideranças que usam o movimento de luta da nossa gente só para se promover, para serem detentores do poder. Temos ainda gente que não entra na luta, que não se filia a nenhuma entidade, mas que usam a internet e a pouca visão que tem para criticar e denegrir a muitos da nossa gente.

Mas meus irmãos e amigos, no meio desta enxurrada de problemas, há muitos de nós que fazem da missão da liderança, da missão de dirigentes a missão do serviço para o bem da comunidade, gente que só enriquece no conhecimento, no servir e acima de tudo no amor ao próximo.

Eu, hoje, já consigo vislumbrar para o próximo ano um crescimento muito grande em nosso movimento de luta, na busca da aprovação dos nossos projetos e em especial o nosso PL 4434.

Se Deus quiser, iremos nos reunir com todos os Parlamentares, que dizem estar ao nosso lado, para discutirmos alternativas de luta e formar a base parlamentar dos aposentados no Congresso Nacional.

Acabei de ler uma reportagem sobre o comunicador Renê Silva da Comunidade do Alemão no Rio de Janeiro. Esse jovem da favela, enquanto a polícia tomava o morro, foi proibida a entrada da imprensa. Somente as TVs noticiavam a tomada do morro por helicóptero. Renê, usando seu computador via internet, transmitiu para o Brasil todo e até o exterior o que estava acontecendo. Em 2 dias de 700 seguidores passou para 45.000. Isto nos mostra como a internet é hoje uma ferramenta muito importante ou até mais importante que a imprensa brasileira.

Vamos realizar um projeto de desenvolvimento e aplicação no nosso dia-a-dia dessa importante ferramenta de informação e de formação de opinião. O objetivo desse importante projeto tem como foco principal dar voz aos aposentados e idosos e ouvir aqueles que tem muito a dizer, mas que hoje suas vozes ecoam no deserto da falta de interesse e da boa vontade. Na aplicação desse projeto vamos desenvolver e colocar em prática atividades que irão dar a nossa gente a vitória tão esperada. Então com:

- planos de lutas elaborados em conjunto com os parlamentares que nos apoiam;

- formação da base parlamentar com o apoio e participação dos deputados e senadores amigos;

- desenvolver em nossa Federação e nas nossas Associações a “comunicação total” com os aposentados, pensionistas e idosos de nosso estado e também de todo o Brasil com as autoridades e a sociedade em geral;

- o desenvolvimento da mídia com responsabilidade e qualidade através da contratação de pessoal com conhecimento e experiência nessa área;

- desenvolvimento e investimento em educação, formação de agentes com conhecimento em Estatuto do Idoso, Código de Defesa do Consumidor, Previdência Social, Saúde Pública, entre outros; capacitação de cidadãos que serão os mensageiros através do sistema de comunicação;

- creches e centros de idosos através de convênios com o poder público e criação de mecanismos para termos o acesso livre a saúde;

- ampliação do Una-se com a elaboração de regras que definam com clareza os deveres e obrigações de cada um dos membros participantes;

- lideranças e dirigentes sérios que busquem o bem de nossa gente;

- a volta da administração quadripartite e com poderes deliberativos na Seguridade Social.

Caros amigos e irmãos, sabemos que para conseguir tudo isso será uma luta muito difícil, mas com muita garra, unidade, disposição e disponibilidade iremos vencer. 2015 será um ano especial para todos nós pois será o ano da nossa vitória.

Vamos mostrar ao governo que a Previdência é nossa e não um órgão gerador de recursos para a administração pública e, para muitos que estão no poder, meio de enriquecimento ilícito através da corrupção.

É por acreditar que vamos vencer, recuperar a nossa dignidade e também por acreditar Jesus Cristo, mesmo sendo Rei, foi o servo de todos; é por acreditar que nesta missão de Jesus é que posso em meu nome, em nome de toda a diretoria e em nome de todos os filiados da FAPESP desejar a todos um Santo e Feliz Natal. E tenho a certeza que a felicidade do Natal e este ano novo que se inicia irá gerar nos corações de cada brasileiro um ano de 2015 com muita luta, mas também com a nossa vitória construída na paz, no serviço e amor ao próximo.

A esperança gerada no amor e na fé será a nossa divisa.

A todos o nosso abraço fraterno.

Antonio Alves da Silva
Presidente da FAPESP.

Clique aqui para voltar.