• facebook
  • Flickr
  • twitter
  • orkut

Confira como conseguir o auxílio-acidente do INSS

Os segurados do INSS que não conseguem mais o auxílio-doença e dificilmente conseguirão a aposentadoria por invalidez – concedida para quem não tem condições de trabalhar em mais nenhuma atividade – podem recorrer ao auxílio-acidente, pago quando a Previdência considera que o segurado tem condição de voltar a trabalhar, mas teve sua capacidade de trabalho reduzida.

Especialistas previdenciários alertam, entretanto, que esse trabalhador, após receber sucessivas negativas, pode cair no “limbo” da perícia médica. Os pedidos dos segurados negados pelos peritos são registrados no sistema do INSS, gerando um histórico negativo. Isso cria dificuldades ao trabalhador.

Nesses casos, a sugestão dos especialistas é fazer um pedido direto na agência, já com uma careta pedindo para ser avaliado por sua perda de capacidade para o trabalho. O segurado pode fazer o protocolo em qualquer setor do INSS. Na carta, deverá ainda ser solicitada a marcação de uma perícia médica com data e hora. Essa é uma forma de escapar do agendamento telefônico 135 e seguir direto para a agência.

Dados da Previdência mostram que, em fevereiro de 2014, foram concedidos quase 300 mil benefícios por acidente. O aperto fiscal promovido nas contas do governo neste ano e o já conhecido rombo nas contas da Previdência Social podem ser apontados como barreiras ao segurado do INSS que pede um benefício por incapacidade.

Em todos os casos, o melhor é sempre consultar um advogado especializado em causas previdenciárias. Portanto, procure o departamento jurídico de sua associação e esclareça suas dúvidas.

Clique aqui para voltar.