• facebook
  • Flickr
  • twitter
  • orkut

NOTA DE PESAR



É com grande pesar que comunicamos o falecimento do senhor Antonio Galdino uma das figuras mais importantes e emblemáticas na luta pelos direitos dos aposentados e pensionistas do país.

Galdino nasceu em 25 de março de 1932, em Pinhal, interior de São Paulo. Foi vereador por três legislaturas em Jundiaí. De 1960 a 1963,pelo PSB, de 1997 a 2000 e de 2001 a 2004, ambas pelo Partido dos Trabalhadores de Jundiaí. Galdino foi um dos precursores do movimento pela conquista dos 147%, em 1991.

Participou de diversas entidades em defesa dos aposentados. Entre as principais atuações, Galdino presidiu a Associação dos Aposentados e Pensionistas de Jundiaí e região por três gestões. Foi também eleito presidente da Federação dos Aposentados e Pensionistas do Estado de São Paulo (Fapesp) e secretário-geral da Confederação Brasileira dos Aposentados e Pensionistas (Cobap). A sede da Associação dos Aposentados e Pensionistas de Jundiaí foi construída e inaugurada durante sua gestão.

Antonio Galdino, que há anos residia em Campinas, deixa a esposa Deolinda França, dois filhos e netos.

O corpo de Antonio Galdino será velado e sepultado em Jundiaí.

A morte não é o fim. A vida continua na ressurreição com Jesus. Ressuscitar é viver para sempre e temos a certeza que iremos todos nós encontrar na graça do Bom DEUS. A lembrança e seu legado sempre continuarão vivo, presente e nunca irá desaparecer.

Em nome da FAPESP e toda Diretoria o nosso profundo pesar a toda família e amigos nesse momento tão difícil. JESUS ESTÁ COM VOCÊ! A todos, nosso abraço FRATERNO. #LUTO

Como homenagem, compartilhamos a reportagem publicada no jornal Experientes, edição 45 de dezembro de 2018/ janeiro de 2019 sobre a trajetória do senhor Antonio Galdino. #LUTO

Clique aqui para voltar.