• facebook
  • Flickr
  • twitter
  • orkut

UMA VIDA DE LUTAS: OCTAVIANO PEREIRA SANTOS

Há pessoas que são verdadeiros exemplos de luta e sem dúvida a trajetória do nosso grande parceiro de luta, um dos maiores combatentes do movimento dos aposentados, o tesoureiro da FAPESP e vice-presidente da UAPO, União dos Aposentados e Pensionistas de Osasco, Octaviano Pereira Santos tem muito a nos ensinar com seus 82 anos.

Octaviano é um exemplo de vida, de luta. Desde que trabalhava na fábrica sempre carregou consigo o ideal da manutenção de direitos. Em plena ditadura militar nunca teve medo do enfrentamento, foi preso, organizou greves e piquetes, um líder nato. Quando os militares cercaram o sindicato sugeriram para que ele pulasse o muro dos fundos, mas como um líder saiu pela porta da frente e disse com convicção “Não fiz nada de errado para ter vergonha e me esconder”.

Quando se aposentou se manteve ativo e ajudou na fundação da Entidade e batalhou para uma sede própria. Hoje a entidade possui um amplo espaço dedicado ao aposentado e idoso e oferece uma dezenas de serviços.

Sem dúvida seu compromisso com os aposentados e idosos é exemplo a ser seguido. “Fico feliz de ver o quanto conquistamos e o quanto a UAPO está a serviço dos aposentados, eu faço o que posso, estou aqui para servir o próximo, fiz tudo isso aqui por amor e dedicação o que importa é o bem que faz para sociedade”.

Sobre o movimento dos aposentados faz uma análise: “Acho que falta união entre as lideranças para que a gente cative aqueles que estão de fora, precisamos mostrar seriedade no que fazemos para ganhar confiança. Falta motivação, as vezes, talvez por falta de conquistas mas não podemos desistir. Nesse cenário de retirada de direitos precisamos nos unir o ao trabalhador porém este está cada vez com mais medo de perder o emprego diante dessas reformas, porém o medo de perder o pouco faz o trabalhador perder tudo. Precisamos lutar por justiça, lutar pela verdade.”, disse.

Sobre o atual cenário brasileiro o nosso grande companheiro de lutas destacou: “Se não batalhar perdemos tudo, porque do céu só cai a chuva ou benção de Deus. Nesse momento precisamos de união e motivação para os aposentados.”

Para finalizar senhor Octaviano dá um exemplo de liderança. “Não sou nenhum herói, sempre estive/ estou ao lado da verdade e da justiça se você não lutar pela verdade e pelas coisas sérias e sem união não resolveremos os problemas que atinge a todos. A luta não pode cessar, nunca.”, encerrou.

Clique aqui para voltar.