• facebook
  • Flickr
  • twitter
  • orkut

EMPRESAS DE DEPUTADOS E SENADORES DEVEM 372 MILHÕES DE REAIS AO INSS, FAPESP COBRA CONGRESSO

A FAPESP enviou ofício a todos os Deputados e Senadores cobrando a rejeição da PEC da Previdência. Como os senhores parlamentares podem propor uma reforma da Previdência que afeta a vida de milhões de aposentados, pensionistas e idosos enquanto estão associados a empresas que devem R$ 372 milhões ao INSS?

Segundo levantamento da Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional (PGFN), 73 deputados e 13 senadores estão ligados a grupos devedores da Previdência, um em cada sete congressistas. As empresas presentes no levantamento têm parlamentares como sócios, presidentes, fundadores ou administradores. Casos em que os CNPJs estão vinculados aos CPFs dos congressistas. Entre elas, há redes de televisão e rádio, hotéis, frigoríficos, companhias siderúrgicas e até diretórios de partidos políticos.

O povo paga seus impostos, trabalha de sol a sol para sobreviver e trabalhará até morrer para ter uma aposentadoria mínima enquanto temos os senhores parlamentares cercados de todos os benefícios e legislando para quem? Os senhores foram escolhidos pelo povo, não para trabalhar em benefício próprio.

Pedimos que cumpram o papel de legislar a favor do povo e NÃO APROVEM A PEC 287/16 que é o verdadeiro desmonte da Previdência Social Pública. Parem de pensar em planilhas e vejam a situação precária que o povo está vivendo! Não podemos admitir essa retirada de direitos que é um verdadeiro massacre à dignidade dos aposentados, idosos e trabalhadores. É preciso fazer entender que esta reforma da Previdência é política e não econômica.

OS NOSSOS DIREITOS ESTÃO SENDO FERIDOS E EM NOME DE TODOS OS APOSENTADOS, PENSIONISTAS, IDOSOS E TRABALHADORES PEDIMOS PARA QUE NÃO COMETAM UMA GRANDE INJUSTIÇA COM O POVO BRASILEIRO E VOTEM NÃO A PEC 287!

Clique aqui para voltar.